Encontre seu profissional

Depressão Profunda: Saiba como lidar com esse transtorno

19 de dezembro de 2018
Depressão Profunda: Saiba como lidar com esse transtorno.

Quando falamos de depressão, temos que lembrar que a doença tem apresentado números muito preocupantes em todo mundo. São 322 milhões de pessoas com depressão no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde.

O número corresponde a 4,4% da população mundial. Só no Brasil, são mais de 10 milhões de pessoas com o mal do século XXI.

Dentre todos os tipos existentes de depressão, a mais perigosa é aquela que se chega ao estado mais preocupante e que pode acometer em consequências mais graves e danosas para a vida do indivíduo. É a Depressão profunda. Vamos entender o que é este tipo de depressão.

O que é a Depressão Profunda?

A depressão profunda é a fase mais crítica da doença psiquiátrica. Essa síndrome apresenta características, como:

  • Falta de energia intensa;
  • Tristeza constante;
  • Pensamentos de culpa;
  • Dificuldade para manter o autocuidado.

A depressão é diagnosticada quando o individuo atende a um desses critérios apresentados acima. Com o agravamento dos sintomas, o paciente pode ser levado a cometer o suicídio, diante do extremo quadro de tristeza e falta de vontade de viver.

Infelizmente, não é comum encontrar os casos de depressão profunda que levam as pessoas a cometerem o suicídio. E isso pode ser uma combinação de causas, o que veremos adiante.

O que pode causar a depressão profunda?

Pessoas com depressão profunda ficam sombrias e com sentimento de apatia por um longo prazo. Além disso, eles não sentem mais prazer na vida.

Não há uma razão clara para o humor deprimido. Pode ser uma combinação decorrente de causas biológicas, físicas e emocionais. Se esta condição durar mais de duas semanas e for acompanhada de vários sintomas físicos, ela é chamada de depressão profunda.

Os sintomas que podem caracterizar a depressão profunda

Os sintomas depressivos também podem mudar de pessoa para pessoa durante o curso da doença. Algumas sentem uma dor profunda, na qual acham que nunca vão melhorar, outros ficam altamente frustrados e irritados. Além disso, os sintomas também podem ser parecidos com uma mudança de personalidade. São eles:

  • Humor deprimido;
  • Fadiga;
  • Sono perturbado;
  • Sentimento de culpa;
  • Falta de higiene pessoal;
  • Concentração reduzida;
  • Pensamentos suicidas;Isolamento.

Como tratar a depressão profunda?

O recomendável é que o individuo procure um psicólogo ou psiquiatra com rapidez. Em alguns casos, os medicamentos antidepressivos e a psicoterapia podem ajudar a diminuir os sintomas do paciente.

A depressão profunda é uma doença grave, porém, é tratável. É necessário que o paciente tenha um tratamento, porque este tipo de depressão pode ser muito perigosa, levando a cometer o ato de perder a própria vida.

Neste caso, é importantíssimo que o profissional seja especialista e saiba como lidar com a situação, oferecendo tranquilidade aos familiares e ao próprio paciente, acompanhando em todos os momentos do tratamento.

Agende sua consulta e conte com o IMPI para te ajudar no tratamento da depressão profunda, recuperando a qualidade de vida e evitando casos mais graves, como o suicídio.

Postado em Blog