Encontre seu profissional

Terapia Ocupacional em Brasília – DF

A Terapia Ocupacional em Brasília é um dos serviços de saúde mais importantes no Distrito Federal. Afinal, a capital do nosso país é conhecida pelo seu intenso fluxo econômico e uma rotina exaustiva para seus moradores. Esse dia a dia estressante pode despertar muitos problemas de saúde na população de Brasília. Portanto, é importante contar com um instituto voltado para Terapia Ocupacional no Distrito Federal, como o IMPI.

A terapia ocupacional atua no desenvolvimento da autonomia de crianças, jovens, adultos e idosos com deficiências cognitivas ou físicas, além de auxiliar na recuperação de doenças neuropsicológicas como Alzheimer e Parkinson.

Portanto, caso procure um instituto especializado em Terapia Ocupacional em Brasília, conheça o IMPI. Com mais de 20 anos de experiência no atendimento clínico de pacientes, o instituto possui especialistas em diversas áreas como psiquiatria em Brasília, psicologia em Brasília, psicopedagogia em Brasília, fonoaudiologia em Brasília, terapia ocupacional em Brasília e nutrição em Brasília.

Terapia Ocupacional em Brasília - DF
Terapia Ocupacional em Brasília – DF

O que é Terapia Ocupacional?

A terapia ocupacional faz parte do dia a dia de diversas formas, seja na área educacional e laboral, como no desenvolvimento intelectual, físico e cognitivo. Portanto, a abordagem do profissional dependerá das queixas de cada pessoa.

Os profissionais de Terapia Ocupacional são fundamentais para ajudar pessoas e famílias que convivem com condições físicas ou psicológicas especiais, como doenças neuropsicológicas ou deficiências físicas. Tarefas como tomar banho e vestir-se, por exemplo, podem ser um verdadeiro desafio para algumas pessoas. Pensando nisso, o IMPI investe em terapeutas ocupacionais que unem conhecimento técnico à criatividade para oferecer o melhor atendimento possível.

Além disso, a terapia ocupacional também pode ser uma medida preventiva. Nesse aspecto, o ambiente profissional é uma das áreas mais férteis, sendo possível desenvolver atividades recreativas, artesanais e corporais que estimulam a criatividade, a concentração, o foco, a memória e o raciocínio, por exemplo.

Outra atuação importante deste terapeuta é na área da saúde. Especialmente no processo de inclusão social de pessoas portadores de sequelas ou doenças raras. Para isso, o especialista atua desde o nascimento do bebê até a terceira idade, facilitando o deslocamento no espaço, adaptações e modos alternativos de comunicação, entre outros.

Dessa forma, o foco de nossos profissionais são exercícios de reabilitação cognitiva, motora e adaptação ambiental. Além disso, desenvolvemos atividades de terapia ocupacional infantil e terapia ocupacional para idosos.

Saiba mais

Terapia Ocupacional Infantil em Brasília

Embora a terapia ocupacional possa ser indicada para todas as idades, não é fácil identificar quando uma pessoa precisa desse acompanhamento, principalmente nos caso das crianças. Levando em consideração que cada pessoa tem o seu próprio ritmo de desenvolvimento, quando há sinais de atraso é preciso de apoio profissional.

Normalmente, os sinais da necessidade da terapia ocupacional são sutis. Sendo assim, o papel dos pais é fundamental para perceber pequenos gestos ao pegar algum objeto, ao engatinhar, ou caso esteja em idade escolar, verificar se há dificuldade para manusear os materiais ou se há confusão com conceitos de direita e esquerda.

Diante disso, o terapeuta determinará a melhor abordagem para resolver o atraso cognitivo ou motor. Focando sempre no desenvolvimento de autonomia nas crianças, melhorando a qualidade de vida da família inteira.

Terapia Ocupacional para idosos em Brasília

A terapia ocupacional também é essencial para os idosos, especialmente os que sofreram ou sofrem com doenças neuropsicológicas ou deficiências físicas. Com a terapia, é possível combater o isolamento social e sintomas como indiferença, tristeza e o surgimento da depressão maior.

Além disso, o terapeuta ocupacional atua de forma complementar aos enfermeiros nos lares de idosos, por exemplo. Enquanto nas casas de repouso, o acompanhamento visa o bem-estar físico, como cuidados básicos; a terapia supre essas necessidades e confere atenção individualizado que o idoso precisa.

Dessa forma, ainda que haja várias categorias de idosos, a Terapia Ocupacional é benéfica em todas as situações particulares. Inclusive para portadores de Alzheimer e Parkinson.